A vida é um caderno de exercícios

 Um Guia para o Coração

 

“A vida é um caderno de exercícios”

Eis uma afirmação verdadeiramente sábia.

Quanto mais repetires os anos de treinamento na vida,

Tanto mais profundamente sentirás o seu significado.

 

A causa de tudo está nas sementes que plantas no teu coração (mente)

e no modo como as nutres.

Também depende

De como te relacionas com os demais,

E de como pensas e ages

Na tua relação com o mundo que te rodeia.

 

A idéia de que

Podes solucionar os problemas da vida

Mediante o teu próprio esforço

É o ponto de vista daqueles que crêem na lei da causalidade.

 

O que tu consideras bom

E o que consideras ruim?

Que atos achas

Que correspondem à Vontade de Buda (Deus)

E que atos

Te parecem maus?

Tu és convidado

A escolher e a tomar decisões diariamente.

O conjunto dessas respostas

É o resultado final da tua vida.

 

Deves ter o estado de espírito

Capaz de aceitar que o resultado que há de vir na próxima vida

Não é destino, e sim a soma dos teus esforços.

 

(Texto originalmente escrito em japonês pelo Mestre Ryuho Okawa, extraído da revista Ciência de Felicidade, no.155, edição em português).

 

Comentários:

 O objetivo de nascermos nesta 3a. dimensão é polir nosso coração a ponto de fazê-lo brilhar como um diamante.

Para fazê-lo brilhar, devemos crescer espiritualmente através experiencias vividas nesta terra.

Quanto mais passamos por determinadas situações, mais ficamos escolados e preparados. A vida é uma escola onde teremos que repetir as mesmas matérias até que tenhamos aprendido a lição para qual no propusemos quando estávamos no mundo espiritual e solicitamos autorização para encarnarmos.

Mas, depois que viemos para o mundo terreno, acabamos por nos esquecer da nossa missão e da nossa proposta que tínhamos em nosso coração no momento antes de reencarnar.

A grande Lei da Causa e Efeito, também conhecida como Lei do Karma, é expressão do amor de Buda, e tem como função guiar-nos para as experiências necessárias à nossa evolução espiritual. Através dessa Lei somos atraídos para situações semelhantes, até que tenhamos compreendido a lição.

O objetivo da Lei do Karma é dar nos a oportunidade de aprender verdadeiramente sobre os erros que cometemos, arrependendo-se e evoluindo nosso ser.

O ingridientes que determinam a Lei do Karma são as sementes que plantamos em nosso coração. Se são boas sementes, teremos bons resultados. Se são sementes ruins, resultará em sofrimentos e afastamento da luz de Buda.

Nunca se esqueça que somos os culpados das coisas que nos acontece. Tudo é a combinação da forma como nos relacionamos com os outros, como pensamos, como agimos, nossas esperanças e nossas alegrias, etc.

Se estamos construindo a Utopia neste mundo, isto é, estamos contribuindo para a expansão dos ensinamentos de luz, se estivermos em harmonia com todos, estaremos construindo um futuro brilhante.

O Mestre sempre está batendo na mesma tecla, isto é, ensinando  que dependendo do você julga certo ou errado, a sua vida vai se transformando para melhor ou para pior. A resposta está no seu aprendizado neste livro que é a Vida

Devemos ter confiança e fé em Deus, o Senhor Buda, e pedir para Ele nos ilumine e nos conduza para o caminho certo.

Poder é querer, querer é poder. Tudo que você deseja será manifestado nesta 3a. dimensão para atender o que está na sua mente. Por isso é importante vigiar o que se pensa,  fala e faz.

Não temas os resultados, mantenha a mente forte e inabalável.

E lembre-se que tudo o que acontece contigo foi criado por você mesmo. Você é o arquiteto de sua vida e ninguém mais.

Corrija o seu pensamento, saiba discernir entre o certo e errado, fazendo auto-reflexão diariamente.

A auto-reflexão faz com que nos arrependamos e melhoremos a nossa vida, pois não cometeremos os mesmos erros, quebrando a linha de sofrimento e restabelecendo a nossa essência espiritual pura de Filhos de Buda, isto é, filhos de Deus.

Se arrependermos nesta vida e não errarmos mais, estaremos reduzindo muito o risco de ir para o inferno ou o risco de ter a proxima vida afetada em função do que fizemos nesta vida, em razão da Lei do Karma.

Reverências