Não há inimigos para o amor

O Mestre Ryuuho Okawa, no Livro as Leis do Sol, ensina que não há inimigos para o amor, pois é a energia divina que tudo permeia.

O amor é a força suprema e não há inimigo que possa lhe fazer frente. Hoje em dia, até na área de negócios descobriu-se esse grande segredo. Especialistas em treinamento espiritual estão sendo contratados para ensinar os vendedores a aumentar suas capacidades de venda. Sabe como. Através do amor. Aprendem que quanto estão contatando os clientes, se emanarem pensamentos de amor para os clientes e através da repetição mental da expressão “I Love You”, as barreiras e bloqueios são removidos. Isso já pode ser comprovado numericamente. Esses dias, um cliente contatou a empresa onde trabalho, ao ser atendido por uma de nossas atendentes ficou muito irritado. Exigindo falar com a chefia, a atendente me pediu para falar com ele, pois estava muito difícil relacionar-se com o cliente. A linha foi transferida para mim. Ao atender, foi aquela enxurrada de berros e xingos. No momento, me lembrei do treinamento aos vendedores e me embrei também deste ensinamento do Mestre Okawa. Enquanto ele esbravejava, fui mentalmente mentalizando, “Eu te amo”, “Eu te amo”, “Nos perdoe”, “Muito Obrigado”.  O principal ponto foi que ao meditar isso, enquanto ouvia o cliente, fui me acalmando e ficando muito tranquilo. Fui calmamente argumentando com ele, me dispondo a ajudá-lo. De repente, o cliente deu uma grande risada e começou a fazer comparações engraçadas, com as quais ri também. No final, ele se tornou meu amigo e conseguimos nos enteder muito bem. Essa é uma pequena amostra da força do amor.

Através das dificuldades encontradas no dia-a-dia o homem faz o aprimoramento de sua alma. Como no exemplo acima, a vida está cheia de experiências que nos colocam em xeque. Podemos torná-la mais desagradável ou podemos reverter a situação. Como vamos agir, depende da nossa decisão se vamos dar ou tomar amor. Isso é aprimoramento da alma. Existem tantas dificuldades na vida que se agravam por que não soubemos enfrentá-las com o amor recebido de Deus.

Penso que ao emanarmos o amor verdadeiro, estaremos emitindo a força que gera harmonia. Essa harmonia faz com que eu e o outros possamos nos entender. Amando verdadeiramente, estaremos predispostos em ajudar, sem nada esperar em troca.

O aprimoramente da alma do homem é planejada antecipadamente no mundo espiritual. A vida é uma escola de constante aprendizado. No mundo espiritual, quando estamos para nascer, é feito um estudo profundo de qual o melhor país, família e condição necessária para a nossa evolução espiritual. Nós participamos dessa escolha, pois isso devemos ser gratos a tudo, pois é por nossa escolha que se manifestaram.

Os sofrimentos da vida tem origem na posição que tomamos frente aos problemas da vida. Sempre seremos questionados para que tomemos uma decisão. Se vamos tomar para si ou doar de si para os outros.  Algo que está pegando fogo pode ser apagado se jogarmos água ou pode ser agravado se jogarmos mais combustível. Pois o amor, quando decidimos dar sem realmente nada exigir em troca, flui em favor da harmonia. O amor nos permite colocar-se no lugar do outro e ver as coisas sob esse ponto de vista. Dessa forma, teremos maior facilidade de decidir em doar-se, pois compreendendo os motivos perceberemos que não há razão para desarmonia. Essa é a força do amor se dá.

Amar significa compartilhar com os outros o que recebemos de Deus. Não é guardar somente para si. Tudo o que recebemos provém da energia infinita do universo. Buda é o responsável por estarmos recebendo tudo. Nada podemos levar para outra vida. Então, a melhor solução é doarmos de tudo que pudermos, sem nada esperar em troca (nem mesmo um elogio ou reconhecimento), logicamente tomando  o cuidado para não mimar a pessoa. As vezes será mais benéfico ensinar a pessoa a pescar, do que já dar o peixe pronto pois ela poderá crescer mais. Deus nos dá tudo, vida, ar, água, comida, saúde, casa, veículos, emprego, força para poder trabalhar, etc.etc.etc.

O amor de Deus é infinito, pois mais que distribuímos aos outros, não se esgotaria. Deus sempre nos abastece com mais amor.  O amor é energia de Deus, de Buda. Pergunte a um físico quântico o que é energia. Ele dirá: Energia sempre existiu, não pode ser criada e nem destruída, está em todas as coisas e lugares, sempre existiu e sempre existirá.  Assim é a energia do amor divino. Sempre existiu e sempre existirá. Quando mais a doamos para os outros, mais a recebemos. Está latente em todos os corações e uma vez aberta a porta, jorrará infinitamente, por que não vem de nós, mas do rio da vida universal. 

Se você está dando amor, não pode sofrer. Somente sofre aquele que dá e espera receber em troca. O verdadeiro amor dá e não espera por retribuição. A maior causa do sofrimento humano é desejar ser reconhecido, visto e elogiado. A segunda maior causa é desejar ser melhor do que os outros. A terceira é achar que se fizermos algo em benefício dos outros estaremos levando prejuízo. Mas, experimente dar alguma coisa sem nada esperar em troca, nem mesmo um obrigado. Saiba que não é necessário receber algo em troca. Pois toda que vez que você se dá em favor dos outros, a alegria proporcionada aos outros fará que você se sinta bem. Saiba que a verdadeira retribuição vem através de Deus. Esse é a verdadeira recompensa. Mas se você exigir algo em troca, terá perdido o valor do amor verdadeiro.

O amor recebido de Deus não é nossa propriedade. Não podemos guardar para nós. Devemos dá-lo às outras pessoas.  Nós somos parte da energia divina que preenche todo o universo. Somos energia viva. Ao nos tornarmos vida espiritual foi em razão do amor de Deus que manifestou em nossa individualidade. Se Deus quizesse guarda sua energia somente para si, nós não existiriamos neste momento. Assim como o amor que provém de Deus, o amor doação, deve ser emanado para as outras pessoas. O projeto do homem previa que ele deveria amar as pessoas que contatasse. O homem foi feito para evoluir para o Grupo Alma da Humanidade. Para isso é necessário amar doando-se.

Achar que não está sendo amado gera sofrimento. Achar que está sendo deixado em segundo plano gera sofrimento. Mas achar que não está sendo amado é um ato de exigir amor. Logo, não é um ato verdadeiro de amor, pois quer reconhecimento e exige algo em troca. A retribuição do Amor vem de Deus e não das pessoas. Deus é amor infinito. A tudo preenche e sustenta. Ele nos guia, orienta, protege, alimenta, ensina, nos dá a vida. Achar que está sendo deixado em segundo plano ou achar que não estamos sendo reconhecido é falta de gratidão pelas coisas que possuímos. Devemos expressar gratidão em nosso coração por tudo que temos, ainda que seja somente as roupas de nosso corpo, pois tudo veio de Deus. Se você acha que tem pouco é porque não amou o suficiente, mas esperou receber em troca. Deus não negocia, ele ama.

A vida recebida de Deus é uma prova de amor, pois nada lhe é exigido em troca. Amar é dar-se. Amar é almejar fazer o máximo de pessoas felizes a cada dia. Para quem deseja começar agora a expressar amor, basta esforçar-se para fazer o seu próximo feliz, sem esperar recompensa. Esse é o verdadeiro amor. Doe-se de coração e sinta a felicidade desse ato preencher todo o seu ser. Isso é amor.

Amar é estender a mão para aqueles que estão atolados em problemas, para que se levantem, soprepujem as dificuldades e aprendam a viver uma vida coragem e sabedoria. Amar é ajudar o próximo a crescer contigo. Ele, assim como nós, estas nesta vida para evoluir espiritualmente. Ajude-o a despertar a coragem de buscar por soluções sábias. Através dos ensinamentos da Ciência da Felicidade a pessoa aprende a sobrepujar e resolver os problemas com facilidade.

Dar amor não significa somente dar bens e dinheiro, nem significa fazer todas as vontades das pessoas, mimando-as. Amar é fazer as pessoas crescerem e não torná-las dependentes. Dê dinheiro se for necessário, mas se for possível ensine-a a encontrar seu próprio sustento, pois a abundância do universo está disponível para todos. O único problema é que essa pessoa ainda não aprendeu acessar essa riqueza infinita.

Amor é a energia que se dá e não exige nada em troca. É a poderosa energia que não admite oposição. O amor por se doação, gera harmonia. Se você ama, você perdoa, consente, ajuda, estende a mão, ensina, tem paciência, respeita, faz as pessoas felizes, por isso não é possível se opor a essa energia.

Não existe mal que possa resistir o amor eternamente. Pode até parecer que por um momento o mal parece prevalecer, mas o amor é uma energia que conquista gradativamente e não toma na marra, isto é, não faz uso da violência para vencer. O amor é que nem água, vai penetrando pelas frestas do coração e quando a pessoa percebe já está dominada pela alegria da harmonia que a preenche.

Reverências….