A Verdade sobre as Riquezas (e o Dinheiro)

No Livro Buddha Saitan (仏陀再誕), Buddha Rebirth, escrito como psicografia pelo Mestre Ryuuho Okawa, versão em japonês e inglês, constam várias orientações aos discípulos de Buda, objetivando despertá-los. Nestes livros, as palavras de Buda exortam os discípulos de outrora a despertarem novamente e dá dicas como enfrentar a vida moderna.

Nesse livro consta um capítulo sobre a Verdade Econômica. Como os discípulos devem encarar a vida em relação à situação econômica. Situação econômica representa capacidade financeira, isto é, riquezas, e pode ser em dinheiro ou bens materiais ou intangíveis. Em suma, se estamos neste mundo e uma das bases dele é o dinheiro, devemos saber como lidar com ele, de forma a tornar o mundo melhor e realizar a utopia na terra, bem como evoluir espiritualmente.

Não vou utilizar o texto do livro traduzido para português pois penso que a versão em japonês e a inglês estão mais puras, isto é, não perderam muito da essência. Outro ponto é que ora trocarei o termo economia por dinheiro, riqueza ou financeiro, pois estas são  formas de representar as energias geradas pela força econômica mundialmente.

Meus queridos discípulos,

vocês podem ficar embaraçados de como fazer uso dos princípios econômicos  corretamente na vida moderna,

você podem não saber como relacionar a riqueza com os princípios de Buda (Divinos).

muitos podem estar sofrendo por causa do dinheiro;

muitos podem estar caindo em degradação por causa do dinheiro;

muitos podem estar fortemente apegados  e perderam a espiritualidade por causa do dinheiro.

Mas, como o dinheiro faz parte deste mundo, devemos saber como usa-lo e ao mesmo tempo elevar-se acima dele. Ainda é possível viver dessa forma.

Por mais que vocês refinem seus espíritos, não poderão viver sem o dinheiro neste mundo, pois os princípios da economia fazem parte deste mundo.

Portanto, é importante escolher o caminho correto dentro do sistema de economia atual (em busca de sustento próprio e para gerar riquezas para si e para a sociedade).

Isso corresponde à Correta Forma de Agir (Correta Ação) através do trabalho honesto, que outrora ensinei nos Princípios dos 8 Caminhos Corretos.

Muitos que entraram para o caminho espiritual não tem experiência do que é um negócio correto.

Portanto, devem agradecer a Deus (Buda) pela oportunidade que estão tendo de poder estudar o que é o Correto Trabalho.

O verdadeiro trabalho correto é aquele em que quando vocês enriquecem, ao mesmo tempo, possibilitam a prosperidade das pessoas em sua volta e, contribuindo para a prosperidade das pessoas à sua volta, estão contribuindo para a prosperidade de todo o país e trazendo a felicidade para um grande número de pessoas.

Os princípios financeiros se forem utilizados corretamente (honestamente e para o bem), deverão proporcionar felicidade para um grande número de pessoas.

A economia por sí só não existe, mas é uma energia que nos ajuda a refinar  e enriquecer nossas mentes (com as experiências vividas neste mundo).

As riquezas foram criadas para servir ao coração. É para isso que ela existe. Ao contrário, aqueles que se tornaram escravos do dinheiro não estão vivendo a verdadeira vida como um ser humano (cuja essência é espiritual e filho de Deus [O Buda Eterno]).

Vocês devem ter em mente que as riquezas foram criadas para servi-lo e proporcionar soberania à nossa mente (na experiência de evolução nesta terra) e não para que a nossa mente se torne escravo dela.

Não se esqueçam disso! Bem aventurados são aqueles que conseguem se enriquecer e continuar puros de coração (não se deixando contaminar pela ganância).

Use a sua capacidade econômico-financeira para polir ainda mais o coração, criando um local para treinamento espiritual e influenciar um número ainda maior de pessoas (sobre a verdade e forma correta de agir para se criar um mundo ideal nesta terra).

Não se deixe perturbar pela falta de recursos financeiros. Não sofra com isso. (não focalize a sua mente na falta, mas sim na abudância, pois manifesta-se aquilo que nos concentramos).

Não deixe sua mente perturbar-se com a pobreza (pois Deus é infinitia riqueza).

Não se atormente quando passar por colapsos financeiros (pois viestes a este mundo sem nada e adquiriste tudo de acordo com a sua vontade e esforço, portanto, poderá fazer tudo novamente com muito mais experiência).

Ainda existe algo infinitamente eterno e imperecível.

Em último caso, ainda resta o último trabalho , que é a purificação de nosso espírito e coração.

Qualquer que sejam as circunstâncias, devem continuar o trabalho de polir o coração, através do treinamento espiritual nesta terra.

Devem prosseguir com o primeiro e o último trabalho que é o polimento do coração e treinamento espiritual, independente das condições em que se encontrarem.

Apliquem os princípios da economia para evoluirem espiritualmente(, vivenciando experiencias neste mundo).

O dinheiro representa a recompensa pelo bom trabalho realizado para os outros.

Se você encontra-se em pobreza neste momento, deve ser porque o seu trabalho não gerou verdadeiramente prosperidade e riqueza para os outros.

A auto-análise deve ser efetuada também sob o aspecto econômico. (Como estamos gerando riqueza para nós e para os outros, como estamos empregando nosso dinheiro para a felicidade própria e para benefício dos outros).

Se você está trabalhando para o bem dos outros, por quê você não se torna rico ?

Se você vem servindo aos outros, mas ainda continua em estado de pobreza é porque talvez não tenha usado adequadamente a sabedoria.

Use a sabedoria! Se usar a sabedoria certamente vai prosperar e suas riquezas vão crescer.

 Se usar a sabedoria, suas riquezas vão brilhar (“energizar e se movimentar através deste mundo”) Se você aplicar a sabedoria adequadamente, não haverá risco de falhar.

Talvez você esteja movido por um ideal ao invés de aplicar a sabedoria corretamente.

Talvez estejam intrigados por que não conseguem enriquecer, apesar de estarem fazendo um bom trabalho.

Talvez não estejam usando a sabedoria corretamente.

O que seria usar a sabedoria ?

É empregar o tempo adequadamente e

 fazer uso correto das pessoas (explorar potencialidades, pagar honestamente).

Não se esqueça destes dois pontos.

O sábios conseguem controlar e fazer um bom uso do tempo.

Os sábios tem o domínio do tempo e o usa completamente.

Usa o tempo como se fosse uma arma,

O tempo se torna seu sangue e sustento

Este é o sábio.

Há também muitas histórias de sucesso com o uso correto das pessoas

bem como da sabedoria e do tempo.

É importante saber como empregar as pessoas corretamente.

A economia depende de como se usa (relaciona com) as pessoas e como é usado pelas pessoas.

A economia (cuja energia gerada provém de Deus) mostrará um grande poder e lhe oferecerá uma grande oportunidade para a evolução espiritual.

No entanto, se ficarem no templo meditando o dia inteiro, não haverá economia e nem contato com outras pessoas.

Mas, na medida que você vai para o trabalho, se defrontará com a questão de como se relacionar e empregar as pessoas corretamente.

Eis um grande aprendizado, o qual deve ser completamente utilizado por vocês;

————————

Comentários finais:

Como ja´sabemos, a riqueza foi uma idealização de Buda para este mundo. O dinheiro veio se tornar uma forma de energia manifestada que circula entre as pessoas, de acordo com o trabalho que cada pessoa realiza para o benefício de outras.

Assim, saber utilizar corretamente o dinheiro depende de sabedoria. Sabedoria em como fazer as coisas corretamente e honestamente.

Respeitar os valores das pessoas e pagar adequadamente pelo seu trabalho faz com que a prosperidade retorne a nós.

A riqueza é resultado do trabalho em prol do bem da sociedade. Os mais ricos são aqueles que se tornaram mestres nisto.

Reverências.