Caminho Búdico – Ensinamentos da Happy Science

Blog – Estudos sobre os Ensinamentos Espiritualistas do Mestre Ryuho Okawa coupons viagra
Home » Amor 愛 » A Energia do Amor Divino tudo permeia.

A Energia do Amor Divino tudo permeia.

April 3rd, 2008 Posted in Amor 愛, Ciencia da Felicidade

No livro “The Origin of Love”, 愛の原点 (Ai no Genten), o Mestre Ryuho Okawa nos fala sobre as bases e princípios do amor e os tipos de ação que impedem a prática do amor.

Por que o ser humano precisa amar os seus semelhantes? Por que um homem e uma mulher desejam se unir ? Por que um casal deseja viver junto pelo resto de suas vidas ? Por que o relacinamento entre pais e filhos existe e como pode ser sustentado por vários anos?

Será que os pais amam os seus filhos somente por que deram à luz a eles. Teoricamente, a mulher poderia esquecer o seu descente logo depois de dar a luz. Mas, na verdade, ficamos felizes de termos o nosso bebe, alegrando-se com o aprendizado mútuo e compartilhamento de experiências, no processo de criar os filhos.

Por que será que é assim? Será que fomos instruídos por nossos pais para sentir e comportar-se desse jeito ? Será que fomos ensinados a amar nossos filhos por que aprendemos que temos que amar nossos descendentes ? As crianças amam seus pais por que foram ensinadas a amar? Será que o marido ama a esposa por que alguém o convenceu de que isso é bom? A mulher ama o marido por que foi orientada que deve fazê-lo ? Por que as pessoas ficam apaixonadas ?

A resposta a todas essas questões, baseia no fato de que o amor tem um princípio que é a fonte de energia que flui através da vida humana. Sem dúvida que essa energia fundamental é o amor; é o poder que nos nutre mutuamente, ajudando-nos a progredir conjuntamente.

Este mundo material e o mundo espiritual estão preenchidos com a energia do amor.

Todos os alimentos que comemos também é feito dessa energia.

Por que será que os cereais e vegetais se tornam combustíveis para o nosso corpo físico ? Esses também são verdadeiramente a manifestação da energia do amor;

Por que será que uma maçã é tão saborosa ? Por que os tomates e o repolhos são comestíveis ?

Quando pensamos dessa forma, nos conscientizamos que todas as energias recebidas durante a vida na Terra, não é nada menos que a energia do amor (recebida) emanado pelos outros.

O amor é um sentimento de querer estar a serviço de outras pessoas e não somente para nós.

Enfim, plantas e animais também possuem este impulso (de amor). Eles também foram criados pela energia do amor.

Esta energia não está restrita a este mundo, mas também flui através do mundo espiritual.

Esse amor infinito é que permite que nossos espíritos tenham vida eterna. É o Poder que nos concede a vida eterna, derramando sobre nós essa energia que permeia todo o universo.

Esse é o poder que nos sustenta, guia, protege, fortalece e alimenta.

Para termos vida eterna, essa Energia precisa nos sustentar infinitamente.

Essa é a Energia que dá a vida eterna para os seres humanos, animais e vegetais.

O Sabor dos alimentos, a nossa capacidade de sentir os sabores, são presentes do Amor Divino.

O Amor pode ser ensinado porque ele já nasceu com o ser humano. O espírito do ser humano foi criado à imagem e semelhança de Deus, por isso possui amor de modo latente.

O nosso objetivo na evolução espiritual é aperfeiçoar nossa forma de pensar e se relacionar com as pessoas e com todas as coisas do universo. Esse aperfeiçoamento implica em cada vez mais conseguirmos emanar o amor para os outros.

Tudo neste mundo e no mundo espiritual é expressão do Amor Divino para conosco. Deus não nos pede nada em troca e nos dá tudo.

Quando amamos altruísticamente, sem nada exigir em troca, sentimo-nos muito felizes, por que esse amor acaba retornando a nós.

O objetivo do ser humano é incorporar o máximo da Natureza de Deus em sua própria vida, em sua forma de pensar e agir, para trazer equilíbrio entre os diferentes aspectos e fazê-los brilhar ofuscantemente.

Deus não possui uma única faceta, mas apresenta uma diversidade infinita de características, manifestadas em todas as coisas do Mundo Terreno e Mundo Espiritual.

Devemos nos esforçar para criar harmonia entre as pessoas e todas coisas. Este é o caminho para a evolução eterna.

Assim como ocorre com um diamante, através das experiências da vida (lixas) devemos polir os nossos corações até que se manifeste um brilho incessante. Esse brilho é o amor. Um coração duro e sem brilho não é capaz de amar. Assim, o amor é a energia que sustenta o nosso coração firme no objetivo de evoluir espiritualmente.

Comments are closed