Buda é Deus ou outro ser totalmente diferente ?

Este é um ponto difícil de se acostumar. Para nós, ocidentais, acostumado às religiões como o cristianismo, a figura de Buda parece ser um ser separado de Deus, sem relação. Outras vezes se mistura e confunde com Deus. Por que será ? Vamos tentar clarificar.

O que significa a palavra Buda?

Na Wikipédia consta mais ou menos a seguinte explicação:

“Buddha, que significa Desperto, Iluminado, que vem do radical “Budh”, despertar. Portanto,  é um título dado no Budismo àqueles que despertaram plenamente para a sua verdadeira natureza e se puseram a divulgar tal redescoberta aos seres humanos. ” 

EM outro dicionário existe explicação que a palavra Buddha vem do radical “não humano”. Isto é, um humano que atingiu a condição divina, tornando-se então não humano, Divino.

Então, podemos dizer que Buda é o ser que atingiu o estado de iluminação ou já é iluminado por natureza.

O que você acha de Deus. Deus é iluminado ou não ? Claro que é!

Então Deus é Buda. Só que no caso de Deus, por ser o Ser Supremo, que já existia previamente e se encontra num nível de elevação espiritual muito superior ao  nosso, costumamos chamá-lo de Buda Primordial, Buda Fundamental ou Buda Eterno. Eterno porque sempre foi iluminado, desde o princípio.

Quando nos referimos a Buda está implícita a idéia de Buda Eterno ou Buda Primordial, que na essência é o próprio Deus.

Na Ciência da Felicidade, acreditamos em Deus.  Lá aprendemos que Deus é a mais alta consciência espiritual manifestada, a qual chamamos de EL CANTARE. El Cantare é o nosso senhor criador, nosso Deus e tudo engloba, cuja essência é Divina e Búdica. Sobre isto, tentarei explicar em outro artigo.

Mas existiram outros seres espirituais que atingiram a iluminação espiritual. Na verdade,  como para a formação de um Buda demora milhões de anos, esses outros seres espirituais são reencarnações próprio Buda,  por si próprio ou através de suas almas irmãs (gemeas). Buda Shakyamuni pregou em seus ensinamentos sobre outros 7 Budas do passado.

Assim, ao se tornarem iluminados, atingiram o estado divino e se tornaram um só com Deus, tornando-se Buda, pois despertaram dentro de si sua consciência original provinda de Deus, a Natureza Búdica, e acabaram por retornar a Deus.

Para se referir a esse Buda, que passou pelas evoluções até atingir o estado divino, como Shakyamuni, dizemos “o Buda”. Para se referir a Deus, o Buda Eterno, dizemos “BUDA”.

Mas, Deus, o Buda Primordial, Eterno e Fundamental, cuja essência está em todos nós, é um só com o próprio Buda que atingiu a iluminação. Pois este se tornou um com Deus, o Buda Eterno.

Por isso, quando dizemos “ensinamentos de Buda”, estamos querendo dizer “ensinamentos provindos de Deus, o Buda Fundamental ou Buda Eterno”, fluindo através do Buda iluminado que estava encarnado na terra.

Quando dizemos que as pessoas possuem Natureza Búdica, estamos dizendo que essa pessoa é Filha de Deus e possui originalmente uma Natureza Divina.

Em japones, Buda é também chamado de Hotoke. Assim, ouve-se muito a expressão “Hotoke no Ko”, Filhos de Buda, que equivale a dizer Filhos de Deus.

Assim, aprendemos que através da evolução espiritual, por milhares e milhares de anos, podemos ir nos elevando até atingir a iluminação suprema e, finalmente, nos tornaremos um com Deus. Essa é a nossa missão.

Ficou mais claro ou complicou mais ?