Imprensa no Japão causa danos ao futuro do país

Na matéria do site GLOBAL – THE LIBERTY, da IRH Press do Japão, consta uma matéria sobre como a imprensa japonesa está causando danos ao Japão. A matéria original está em inglês no link http://global.the-liberty.com/2011/390.html

Como a matéria está em inglês, apresento aqui uma versão em português:

 

O nível de radiação que vazou no acidente nuclear em Fukushima no Japão, não causa danos à saúde humana. Não há registro de casos de alguém que tivesse morrido devido à radiação após o acidente. Com exceção da área próxima ao reator, não houve danos ao Japão. No entanto, a maior preocupação é com o dano que a impressa vem causando ao país, ao tratar do assunto relacionado com esse problema.

A revista The Liberty, da editora IRH do Japão, tem sido a única da impressa a repetir enfaticamente a verdade.

No dia 4 de junho, cerca de 3 meses após o terremoto e tsunami, o Mestre Okawa foi até a região de FUkushima e deu uma palestra entitulada “Atos de Deus e Atos humanos”, na qual revelou que a mídia está distorcendo o assunto em suas coberturas. para fazer sensacionalismo e ganhar em  vendas com jornais e notíciarios, que atraem logicamente propaganda paga para os mesmos meios e horários, aumentando a audiência etc.

No entanto, objetivam colocar um fim no uso de energia atomica pelo Japão. Mas, na atualidade, o Japão ainda não tem autonomia de energia como os grande países que podem construir usinas hidroelétricas. Por ser um país estreito, montanhoso e composto por diversas ilhas, a energia nuclear é um excelente meio, mas sem ela, o Japão sofrerá com cortes de energia que causaram impacto negativo na vida das pessoas e no desenvolvimento da industria japonesa, podendo atrair a pobreza para  esse país que é um dos mais prósperos do mundo.

Pelo lado religioso, saibam que se a energia espiritual for usada adequadamente, tem o poder de repelir a radiação.

A Revista Liberty chama a atenção da mídia no exterior tomem consciencia da verdade e não sejam impressionados pelos exageros da imprensa japonesa que está agindo de maneira tendenciosa, fazendo com que o mundo tenha uma visão distorcida da verdade.

Resumo das palavras proferidas na Palestra “Atos de Deus e dos homens”, pelo Mestre Ryuho Okawa, em Fukushima, no dia 04 de junho, conforme consta do site da Liberty Global:

  • Vítimas de cobertura danosa da imprensa (japonesa)

Viajei de trem até a estação de Fukushima, caminhei pela estação, tomei uma condução e vim até aqui. Ao meu ver a vida por aqui continua normal como sempre. Mas, ao ler os jornais e assistir aos noticiários, vemos somente as áreas afetadas na região de FUkushima. Dá a impressão que não tem ninguém por aqui e tudo estaria um deserto. É isso que a baixaria da imprensa tenta nos fazer acreditar. A imprensa é ótima quando se precisa criticar um líder ou político inescrupuloso, no entanto, quando se trata de falar sobre a vida das pessoas podem causar um dano muito extenso. Temos que tomar o cuidado com os danos causados.

Tais pessoas se recusam acreditar no mundo espíritual porque não podem ver os espíritos, no entanto, acreditam em radiação. Ué, a radiação também nã´p é invisível? Eles acreditam somente em coisas negativas que são invisíveis? Mas, na medicina estão usando a radiação para tirar radiografias, fazer exames e outros procedimentos, certo? Isso é porque a radiação em pequenas quantidades não afetam o corpo humano. Essa radiação recebida na exposição vai se reduzindo pouco a pouco, e, em uma semana cai para a metade, e, em duas semanas, desaparece quase completamente.

No entanto, devido aos exageros da imprensa, as pessoas estão reagindo excessivamente. Pode ser que a imprensa não esteja consciente, mas estão agindo como propagadores do medo. Ao espalhar rumores, a cobertura da imprensa causa danos. Eles sabem que são apenas rumores, mas sabem que podem ganhar dinheiro com esses rumores, fazendo reportagens com base neles.

Não apoio essas pessoas que sob a bandeira de agir corretamente para dar informação, usam a informação de forma incorreta e causam danos às pessoas. Eles precisam assumir a responsabilidade pelos danos causados pela informação incorreta baseada no sensacionalismo.

Em relação a esse tema, estão criando uma paranóia que está se alastrando entre a população.

  • Medo e pânico sobre radiação nuclear tornam o Japão mais suscétivel a ataques nucleares

Os reatores nucleares estão sendo acompanhados dia e noite, e todos os dias aprendemos novas coisas sobre energia nuclear. Este acidente não tem precedentes para referência, por isso nos faz mais nervosos, no entanto, nos ensina o que fazer na próxima vez. Encaro esses problemas como oportunidade de aprendizado que poderá colocar a tecnologia nuclear japonesa como a mais avançada do mundo em decorrência dos problemas desta crise.

Acidentes nucleares já aconteceram em outros países, também, mas devido à censura da informação, desconhecemos os detalhes disso. De acordo com Shoichi Watanabe, a China está tranformando as regiões vizinhas (Coréia, etc) autonomas e construindo reatores nucleares nelas, resultando em vazamento de radiação em toda essa região asiática. Por exemplo, há indícios de que houve vazamento na Córeia do Norte, mas a informação foi abafada e não temos como conhecer os detalhes.

Mas é importante que saibam que pequenas quantidades de radiação não causam danos ao corpo humano. Existem até teorias sugerindo que isso pode ter efeitos benéficos para a saúde (exemplo tratamento de certas doenças por radioatividade, como o cancer).

Ao espalhar pânico sobre a radiação entre a população Japonesa causa danos ao futuro. Além disso, o Japão (não tem armas nucleares e) está rodeado por países que possuem armas nucleares e esse pânico significa que a ameaça desses países afetam os nervos dos japoneses. Eles podem tirar a capacidade de raciocinar com tranquilidade dos japoneses simplesmente fazendo ameaças de que irão jogar um míssil atômico no Japão, somente para deixá-los em pânico. Por isso é melhor não se mostrar tão apavorados com a questão da radiação nuclear.

 

Comentários do autor do Blog:

Bem, essas informações mostram a ação de energias negativas tentando dar um rumo negativo ao Japão. Lá é o pais onde nasceu o Buda da atualidade, o Elohim. O Japão tem uma missão de trazer um novo futuro para o desenvolvimento da humanidade e é lá onde se encontra o maior poder de luz da face da Terra. Desestabilizar esse país é uma tentativa de impedir o avanço da luz e paz na Terra.

Não percam: Na Semana que vem, colocarei resumo sobre mensagens espirituais obtidas do espírito guardião do atual ditador da Coréia, Kin Jon Un, que conta como assassinou o pai há algumas semanas para assumir o podere praticar estratégias de união com a China, dominar a Coréia do Sul, ataque nuclear ao Japão e outras planos da China para com a Ásia. Tais informações estão em disponíveis em inglês no site da  Liberty web http://global.the-liberty.com/

Até mais,

Carlos