Aula de Meditação Online 29 – Desenvolva Autoconfiança

Aula de Meditação Reflexiva ONLINE 029

 

Ensinamentos do Mestre Okawa,

Adaptado do Livro Mente Inabalável

 

Frase para contemplação na Meditação:

“A fé é uma poderosa fonte de autoconfiança”

 

Ensinamento de hoje: O Mestre Ryuho Okawa desde que atingiu a grande iluminação espiritual vem se dedicando para transmitir a Verdade sobre o Mundo Espiritual. Para isso fundou a Happy Science e vem fazendo palestras e publicando livros que abrangem todas às áreas da vida observadas pelo ponto de vista espiritual.  Já fez mais de 3.200 palestras e publicou mais de 2.750 livros, sendo mais de 1.000 mensagens espirituais recebidas de espíritos celestiais com orientações para o mundo moderno.

É muito grande o número de pessoas que não acreditam no mundo espiritual e sofrem porque se apegam ao mundo material achando que nada existe após a morte. Mas se confiar na existência do Mundo Espiritual tudo muda de perspectiva.

Hoje vamos meditar sobre a autoconfiança. Pessoas diferentes reagem de modo distinto à mesma situação. Por exemplo, se uma pessoa fala mal de outra, isso terá um efeito diferente em cada uma delas. Algumas simplesmente ignoram o comentário ofensivo e esquecem tudo, enquanto outras se sentem como se tivessem recebido uma flechada no coração que não pudesse ser tirada, e isso lhes causa uma dor interminável. Há também pessoas que aceitam críticas e refletem sobre elas com humildade, então tentam corrigir seus erros e esquecem o resto.

Existem muitos tipos diferentes de pessoas, mas uma coisa é certa: o modo como aceitamos ou rejeitamos os acontecimentos externos é um fator decisivo na nossa vida.

Um dos principais requisitos para a solução de problemas é a autoconfiança. Ser autoconfiante não significa superestimar as próprias habilidades ou ser arrogante. A autoconfiança é a indescritível confiança que vem da certeza de que você não é inútil, mas traz em si as sementes de um grande potencial.

Quando as pessoas estão mergulhadas em dor ou sofrimento, tendem a se tornar negativas a respeito de si mesmas e a pensar que não têm nenhum valor.  No entanto, é importante que se vejam com olhos mais objetivos e digam a si próprias que não são tão ruins como imaginam.

Quando examinar sua vida em retrocesso, você poderá dizer: “Eu estava errado sobre isso”, ou “Eu poderia ter agido de um modo melhor naquela situação”, mas ao mesmo tempo vai reconhecer que, no conjunto, não fez um mau trabalho. Existe a percepção de que você estava recebendo amor de Deus e a convicção de que esteve a serviço dos outros. A autoconfiança é o acúmulo de pequenas certezas como essas.

É importante que você se observe nas várias situações do cotidiano e, aos poucos, descubra em si mesmo a pessoa que está a serviço de outras. Sem isso, não é possível construir a verdadeira autoconfiança.

As aves aquáticas que deslizam pela superfície dos lagos têm uma camada de óleo que reveste suas penas, repelindo a água. É assim que funciona a autoconfiança.

Não importa o infortúnio que aconteça, a autoconfiança age como esse óleo, evitando danos às profundezas do coração. Por exemplo, a extensão do dano causado pela morte de um ente querido varia de pessoa para outra.

Algumas levam  anos para se recuperar da dor da perda, outras ficam doentes ou seus cabelos embranquecem de repente, enquanto outras continuam a viver a vida serenamente. Cedo ou tarde todos teremos que deixar este mundo, por isso, ao invés de focar no sofrimento da perda, foque  na certeza que a outra pessoa está viva no mundo espiritual e que você a reencontrará algum dia. É melhor focar na gratidão à pessoa, por ter vivido com ela.

Em todas as situações, é essencial que você acredite em Deus do fundo do coração. Se acreditar que Deus criou este mundo, compreenderá que existe um propósito em cada situação para aprendermos sobre o amor ao próximo. É impensável achar que a intenção de Deus seja simplesmente causar dor a seus filhos.

Toda separação e fracasso neste mundo traz dor, mas se caminhar confiante Nele surgirão novas pessoas e oportunidades e tudo dependerá da forma como você as encara para se tornar feliz. Confie que Deus deseja a sua felicidade. Tente pensar assim. Em vez de se debater na dor e afogar-se em angústia, pense que tudo isso é para refinar sua alma. Em períodos de crise, é vital se apegar na fé e no seu amor a Deus.

Quando se sentir em meio a um mar de preocupações, pergunte a si mesmo se ama a Deus. A maior parte das pessoas só consegue pensar em como é infeliz, buscando desesperadamente a solidariedade dos outros. O problema é que talvez elas nunca achem que receberam o suficiente. Em tempos ruins, endireite-se e levante os olhos para o céu aberto.

As pessoas que se entregam às preocupações e caem sob influência espiritual negativa geralmente andam curvadas, olhando para o chão, viram a costas para o sol e se fixam apenas em sua própria sombra. Enquanto se comportarem assim, não conseguirão ver a luz. Então, endireite o corpo e vire o rosto para o sol. Assim, estará expressando seu amor por Deus. Não fique concentrado apenas nesse minúsculo ser que é você, mas na grandiosidade de Deus, enchendo-se de gratidão.

Medite sobre isso!

Link para o Vídeo no Youtube

Profunda Gratidão

Monge Carlos